Tag: Windows

Liste todos os compartilhamentos no Windows

Comando que lista os compartilhamentos no computador local (mesmo os ocultos):

Iniciar > Executar > fsmgmt.msc

 

Fonte: http://www.techtudo.com.br/dicas-e-tutoriais/noticia/2013/04/como-saber-se-seu-pc-com-windows-possui-pastas-compartilhadas.html

Pastas definidas como compartilhadas podem ser acessadas por outros usuários conectados na mesma rede. Por padrão, o Windows conta com algumas pastas públicas que pode ser acessada por outros computadores, mas existe a possibilidade de compartilhar qualquer pasta do disco rígido. Nos passos abaixo, saiba como descobrir quais pastas seu computador estão sendo compartilhadas.

Passo 1. Pressione “WinKey + R” para iniciar o “Executar” e entre com o comando “compmgmt.msc” (sem aspas);

Executando comando (Foto: Reprodução/Helito Bijora)Executando comando (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 2. No painel esquerdo da janela, expanda “Pastas compartilhadas” e clique em “Compartilhamentos”;

Acessando pastas compartilhadas (Foto: Reprodução/Helito Bijora)Acessando pastas compartilhadas (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 3. As pastas compartilhadas serão exibidas logo ao lado. Clique com o botão direito do mouse sobre ela e escolha “Interromper compartilhamento” para tornar a pasta inacessível para usuários da rede;

Interrompendo compartilhamento (Foto: Reprodução/Helito Bijora)Interrompendo compartilhamento (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Outra forma

Passo 4. Execute o “Prompt de comando”. Para isso, no “Executar”, entre com “cmd.exe” (sem aspas” e pressione Enter;

Executando comando (Foto: Reprodução/Helito Bijora)Executando comando (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 5. Entre com o comando “net share” e, novamente, pressione Enter. As pastas compartilhadas serão listadas logo abaixo;

Visualizando pastas compartilhadas (Foto: Reprodução/Helito Bijora)Visualizando pastas compartilhadas (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 6. Nesse caso, para interromper o compartilhamento, acesse utilizando o “Windows Explorer”, clique com o botão direito do mouse sobre ela, vá em “Compartilhar com” e clique em “Parar compartilhamento”.

Interrompendo compartilhamento (Foto: Reprodução/Helito Bijora)Interrompendo compartilhamento (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Pronto! Dessa forma, você poderá interromper o acesso a arquivos pessoais ou pastas compartilhadas acidentalmente.

Como Usar o Sysprep: Apresentação

 

* *
* *

O Sysprep é uma ferramenta criada para administradores de sistema corporativo, OEMs e outras pessoas que precisam implantar o sistema operacional Windows XP em vários computadores. Depois de executar as etapas de instalação iniciais num único sistema, você pode executar o Sysprep para preparar o computador de amostra para clonagem.

O Sysprep atribui uma SID (identificação de segurança) única para cada computador de destino na primeira vez que o computador é reiniciado. O Sysprep configura o sistema operacional para executar o Bem-vindo ao Windows ou a Microinstalação na primeira vez em que o usuário final reiniciar o computador. Esta forma abreviada de Configuração em Modo-GUI leva de 5 ou 6 minutos, em vez dos 45 a 60 minutos usuais, e solicita ao usuário final apenas informações requeridas e específicas do usuário, tais como aceitar o EULA (Contrato de Licença de Usuário Final) e fornecer a Chave do Produto, o nome de usuário e o nome da empresa.

O Sysprep é um utilitário valioso até mesmo se você não utiliza a duplicação de disco. Você pode executar o Sysprep com a opção –nosidgen para configurar o Bem-vindo ao Windows ou a Microinstalação num único computador. Nesse caso, o Sysprep permite auditorias que podem ter sido feitas; automatiza a parte de Microinstalação do processo de forma que os usuários ainda possam inserir informações específicas ao usuário, como opções regionais e informações de TAPI; e ignora configurações de identidades de segurança únicas, pois elas já serão únicas quando a Instalação estiver sendo executada no computador.

O utilitário Sysprep pode ser usado em três contextos diferentes:

.

1.

Duplicação de disco. O uso do Sysprep para preparar imagens para duplicação de disco permite que você copie sistemas completamente instalados em hardwares semelhantes. O Sysprep modifica a SID (identidade de segurança) do computador local de forma que seja única para cada computador. Para obter mais informações, ver Como Usar o Sysprep para Preparar Imagens para Duplicação de Disco.

2.

Auditoria. Quando você o usa o Sysprep depois de uma auditoria no computador (usando a opção de linha de comando –nosidgen), o Sysprep estará pronto para que o usuário final execute o Windows. Para obter mais informações, veja Como Usar o Sysprep para Instalações de Auditoria

4.

Automatizando a Microinstalação. O Sysprep cria uma Instalação abreviada em modo GUI que leva apenas de cinco a seis minutos, em vez dos 45 a 60 minutos usuais, e solicita ao usuário final apenas informações específicas ao usuário requeridas, tais como aceitar o EULA, inserir a Chave do Produto e inserir o nome de usuário e o nome da empresa. Para usar o Sysprep nesse modo, pré-instale o Windows XP no computador local e, a seguir, execute o Sysprep com o parâmetro –nosidgen executando os passos abaixo. Para mais informações, verComo Usar o Sysprep para Automatizar a Microinstalação.

 

Fonte: http://www.microsoft.com/brasil/windowsxp/pro/usando/artigos/sysprep2.mspx

Windows 7 não terá novo kernel

Depois de especulações em torno do Windows 7, com palpites de que ele seria escrito do zero, o blog oficial do Windows Vista divulgou o seguinte:

O Windows Vista estabeleceu uma base muito sólida, particularmente em subsistemas como gráficos, áudio e armazenadamento. O Windows Server 2008 foi feito com essa base e o Windows 7 também será. Contrário a algumas especulações, a Microsoft não está criando um novo kernel para o Windows 7. Estamos refinando a arquitetura do kernel e modelo de componentes intruduzido no Windows Vista. Essas mudanças vão aumentar nossa agilidade de engenharia além de não ter impacto na esperiência do usuário ou reduzir a compatibilidade de hardwares e aplicativos. Na realidade, um de nossos objetivos de design para o Windows 7 é que ele rode nas mesmas recomendações de hardware do Windows Vista e que os aplicativos e dispositivos que funcionam no Windows Vista continuem sendo compatíveis com o Windows 7.

Notícia completa (em inglês) na fonte:

http://windowsvistablog.com/blogs/wi…windows-7.aspx

Linux x Windows

Linux x Windows
http://linuxval.free.fr/winlin/

Conheça as diferenças e similaridades entre um Desktop Linux e um Desktop Windows.

Muitas pessoas ouvem falar muito bem sobre o Linux em um computador
desktop mas têm receio de fazer a migração. Tentarei mostrar neste
artigo como funciona um desktop Linux apontando suas similaridades com o
desktop Windows. Você verá ao longo deste texto que trabalhar num Linux
é muito mais fácil do que se pensa.
A distribuição adotada foi o Ubuntu Linux 5.10 que se beneficia do
ambiente gráfico Gnome 2.12. A versão do Windows utilizada foi a XP
Profissional.
Primeiramente vou comparar com screenshots dos 2 sistemas para que você
possa ver as semelhanças. Depois disto irei mostrar apenas fotos do
Linux para que você conheça alguns utilitários e ferramentas
interessantes. Ao término de sua leitura, por favor pense bem sobre os
2, compare e lembre-se do custo de cada um. Lembrando que o Ubuntu Linux
é gratuito. No final colocarei os custos do Windows e Office.

Microsoft prepara 1º pacote de correção do Windows XP

Microsoft prepara 1º pacote de correção do Windows XP

A gigante do software Microsoft anunciou na sexta-feira, 30, que vai liberar em 9 de setembro o primeiro pacote de correção para o Windows XP. Os remendos trarão novas funções que atendem ordens federais e que permitirão a remoção de certos programas do sistema operacional.

A Microsoft informou que o Windows XP Service Pack 1 vai ser distribuído em CDs e via download pelo site da companhia.

A empresa afirmou que o pacote de correções contém todos os updates de segurança que desenvolveu como parte de um programa que lançou no começo deste ano para minimizar falhas em seus softwares. O chairman da Microsoft, Bill Gates, disse que o programa custou 100 milhões de dólares até agora.

A companhia emitiu pelo menos 30 alertas de segurança sobre seus softwares desde a estréia do programa.

O service pack vai permitir aos usuários e companhias que fabricam computadores a remover do sistema operacional o browser Internet Explorer, o Windows Media Player entre outros recursos incorporados.

A opção é resultado de um acordo fechado entre a empresa e o Departamento de Justiça dos Estados Unidos no processo onde a Microsoft foi acusada de violar leis antitruste do país.

A Microsoft informou que vendeu 46 milhões de cópias do Windows XP até o final de junho. O sistema foi lançado no final do ano passado. leia mais