Linux lidera no Top 500 de super computadores

As distribuições da plataforma open source avançam em seu próprio ritmo. Enquanto isso ocorre, o sistema operacional Linux se tornou o sistema operacional quando o assunto são computadores de altíssima performance, ou ’super-computadores’.

Recentemente, foi publicado um relatório na lista Top 500 que o Linux OS está atualmente rodando 89,2% de todos esses gigantes. Unidades que operavam com Unix proprietário e que reinaram como os preferidos nos anos 90, encolheram para uma fatia de 5%. Já as super-máquinas que operam com Windows OS (em exatos cinco sistemas), correspondem a 1% atualmente.

Com performance mensurada que vai até os absurdos 2 petaflops, estamos falando de máquinas ‘honestas’ de alto desempenho. Não espere esbarrar em uma delas no seu fornecedor preferido. Estas são pequenos monstros que ocupam grandes espaços e alimentam os dados de institutos de ciência e pesquisa pelo mundo.

Os centros de desenvolvimento tecnológico para a próxima geração de super-computadores objetiva ultrapassar as fronteiras do exaflop.

Se a constante pergunta ‘Qual é o sistema operacional superior e mais suscetível a inovações em máquinas de altíssima performance?’ for refeita novamente, segundo os especialistas no assunto a resposta ainda não mudou: aquele com código aberto.

Se ficou curioso para saber o que é um super-computador, dê uma olhada no site Top 500.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s