Acelerador de partículas para simular o Big Bang

Acelerador de partículas para simular o Big Bang

Um novo acelerador de partículas, com cerca de 30 quilómetros de comprimento, que vai ser construído, ajudará os cientistas a responder questões relacionadas com a origem do Universo.

Avaliado em cerca de 3 mil milhões de libras, o projecto de construção de um novo acelerador de partículas, que já está a ser pensado há cerca de 10 anos, está a ser agilizado por cientistas britânicos, e poderá ajudar a desvendar segredos da origem do Universo simulando o Big Bang.

Conhecido como linear collider, este acelerador de partículas terá cerca de 30 quilómetros de extensão e será utilizado para promover a colisão entre electrões e suas antipartículas, os positrões. Quando uma partícula colide com o seu equivalente na anti-matéria ambas se anulam, criando então uma libertação de energia.

Os cientistas irão realizar esta experiência no novo linear collider, esperando obter respostas em relação ao Bosão de Higgs, uma partícula teorizada pelo cientista Peter Higgs há cerca de 30 anos, e que supostamente justificará a presença de massa na matéria.

Um comité internacional irá fazer uma análise de duas tecnologias que poderão vir a ser utilizadas no acelerador de partículas, mas o projecto precisará da autorização de autoridades da Europa, Ásia e dos Estados Unidos para ir adiante.

Philip Burrows, da Universidade de Oxford, afirmou que se espera conseguir uma decisão política em relação à construção do linear collider em 2005, para que este esteja operacional em 2011.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s